GADGETSTECNOLOGIA

Razer avisa que novos portáteis de 2022 serão mais caros

Quase todos os setores estão a ser afetados com a falta de escassez de chips, nomeadamente os setores automóveis, smartphones, consolas e computadores. Ora, esta situação está a resultar num enorme constrangimento junto das lojas (e até empresas) que não conseguem apontar datas da disponibilização dos seus produtos junto dos consumidores. Desta forma, a empresa norte-americana Razer já avisou que os seus computadores ficarão mais dispendiosos a partir de 2022 por causa da escassez de chips.

Computadores Razer mais caros

A próxima geração de computadores portáteis da Razer sofrerá um aumento de preço, avisa o CEO da Razer, Min-Liang Tan. Estes equipamentos incluem os processadores Intel Alder Lake de 12.ª geração e os próximos Ryzen 6000 da AMD.

Através da sua conta oficial da rede social Twitter, o CEO da Razer revela:

Acabámos de ter uma longa reunião para rever a nossa linha de portáteis para jogos do próximo ano – parece que haverá aumentos significativos nos custos dos componentes, entre outros, e veremos aumentos de preços para portáteis para jogos de última geração de toda a linha (incluindo o Razer Blade), no próximo ano.

Outras marcas

Logicamente, muito provavelmente, outras marcas de computadores como a MSI, Asus, Gigabyte e outras também deverão aumentar o valor final aos consumidores. Nos últimos tempos, praticamente todos os componentes dos novos computadores aumentaram de preço e, consequentemente, isso tem impacto no valor a pagar pelo cliente. Logo, se estás a pensar comprar um computador novo direcionado para os videojogos, vais ter que aguardar mais um tempo ou então tens que “puxar mais os cordões à bolsa”.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Para continuar a navegar no website da Nerd Mag deves desligar o AdBlock. A única forma de podermos existir e dar-te informação é com a receita efetuado através dos banners de publicidade no site. Obrigado